Gadol Elohai - Joshua Aaaron

2.6.07

Alimentos

Um dia destes em que se acorda com o pensamento "light", com vontade de comer grelhados, dirigi-me à bancada do peixe do super, com o bébé à tiracolo e a filha na mão e olho para as lulas mais demoradamente...a Senhora adverte-me que são descongeladas e "torce o nariz", fazendo referência com a expressão aos pequenos ... avanço com a vista rapidamente pelo gelo (a variedade não era muita) e fixo o olhar nuns carapaus, diz-me que não são do dia. Sugere-me um robalo ou uma dourada. Respondo-lhe que se forem de aquicultura não me interessam, confirmando-me que sim sugere-me "carninha" para aquele dia...
Fez-me lembrar as vezes que entramos na igreja com vontade de um alimento "biológico" e nos servem uma cerimóniazinha de comemoração de bodas de matrimónio, ou de qualquer outro aniversário, com frequências mais do que as desejadas... às vezes acontece!

2 comentários:

jc disse...

:)

pois... (apetecia-me dizer uma coisa, mas não vou dizer para não ter de "arrancar" os olhos...)

a verdade, é que muitas vezes nos tornamos acomodados com o que vivemos...

parabéns pela "personificação"...

Hadassah disse...

...pois é melhor que não digas então...eh eh eh