Gadol Elohai - Joshua Aaaron

10.10.06

O abençoado riso

O sentido de humor é uma das facetas que mais aprecio nas pessoas com que me relaciono. Gosto de pessoas com sentido de humor.
Acredito que esta capacidade de olharmos para nós "fora da caixa" e de nos rirmos de nós próprios com sentido cómico, é uma faculdade que o Criador nos proporcionou, para lidarmos melhor com a vida, nem sempre fácil.
Não é por acaso que ouvimos por vezes esta expressão em momentos difíceis de alguém, muitas vezes acompanhada por um suspiro de alívio: "só tu para me fazeres rir".
Perturbam-me ambientes demasiado sérios. Remetem-me para as abadias dos beneditinos da Idade Média d' "O Nome da Rosa". Óbvio que não nos podemos dar ao luxo de rir por tudo e por nada. Mas o interesse do sentido de humor também está na inteligência de o saber usar.
Gosto de rir como Sara riu de si própria, ao ver-se mãe de uma criança na sua velhice:
"Gênesis 21:6 E disse Sara: Deus me deu motivo de riso; e todo aquele que ouvir isso vai rir-se juntamente comigo."
Imagem de chilombiano em Morguefile.

3 comentários:

Raquel disse...

Também gosto,e preciso muito de rir. Rir com os outros e comigo própria! Lembrei-me de provérbios e em como se fala de "rir do futuro" e aí já é rir com Deus!! Ainda me lembrei do corinho: é bom sorrir, sorrir, sorrir, é bom dar uma gargalhada ahahahahahahahaha!!
DTA

vilma disse...

Rir é comigo! Se há coisas que gosto é que me façam rir e eu faça rir alguém! :D

di disse...

Sem dúvida que uma boa gargalhada, nos ajuda a dissipar o stress e o cansaço, naqueles dias mais cinzentos.